O DEUS da Paz

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, oceano, água, céu, atividades ao ar livre e natureza

Ana Burke

Esta sou eu diante de “deus”.

Não tenho necessidade de orações, não preciso me ajoelhar, não sou obrigada a frequentar templos, pular, me contorcer, cair no chão, me arrastar e me humilhar diante deste deus. O Amor jamais exigiria tal coisa.

Não tenho demônios nem acima, nem abaixo e nem dentro de mim. O inferno e Satanás é uma alegoria e a porta larga é a porta que leva à felicidade e à Paz.

No meu mundo não existe joio ou trigo, santos e pecadores, escolhidos e condenados, negros e brancos, homossexuais e heterossexuais, mulheres e homens, países e nacionalidades como: americanos, indianos, africanos, índios, asiáticos e europeus, mas apenas seres humanos.

A minha relação com deus e de deus para comigo, é uma relação de respeito.

Não existe temor ou subserviência.

 

Se NÃO existem Raças Humanas; Não devem existir Cotas Raciais.

Slide03

Por Ana Burke

Não importa se você acredita na Teoria da Evolução ou se acredita no mito de que foi criado a partir do barro. O fato é que todos os seres humanos surgiram de um ancestral comum. Se aceitam a Teoria da Evolução podemos ver que viemos todos os humanos do mesmo tronco. Se acreditam que viemos do barro, um único casal, deu origem a todos os seres humanos. Tanto uma coisa como a outra nos diz que NÃO existem raças humanas diferenciadas e, portanto, se não existem raças mas uma única fonte criadora ou transformadora, a teoria da raça é mal intencionada. O mito da raça trás desavenças, desigualdades e coloca os seres humanos em patamares diferentes. A ciência já provou várias vezes que somos uma única espécie e se você acredita em Deus deveria saber que não existem raças humanas diferenciadas. Não ter a mesma cor não significa que somos de raças diferentes; SÓ SIGNIFICA que temos diferentes quantidades de MELANINA no corpo e qualquer pessoa com o mínimo de instrução deveria saber disso. Todos somos de cores diferentes ou fisicamente diferentes mas o mais triste é que as diferenças físicas não é o fator mais importante, mas as diferenças de caráter. A pessoa ser obrigada a dizer-se negra, ou índia, de outra raça, ser convencida e ficar grata por ter tido a oportunidade de estudar quando este é um direito dela pela Constituição é uma aberração. O Governo não gastou um centavo do seu orçamento com este projeto de cotas raciais. O governo não elevou um milímetro a qualidade da educação básica. É lá que o problema tem que ser resolvido. É ensinando os negros que eles não são vítimas de outros jovens brancos que não têm nada a ver com o que as elites fizeram no passado e ninguém deve nada a ninguém. Estão transformando os jovens brancos em carrascos e os jovens negros em vítimas, coitados e incapazes de ascender, por direito, o seu lugar na sociedade. Distinguir as pessoas é colocar uns contra os outros. Está se estabelecendo o separatismo, um apartheid no Brasil. Se não existem raças NÃO PODEM existir cotas raciais.

19642479_1872415249677996_61979902133020237_n

A Verdadeira Face de Jesus.

11796454_135815773424029_6925801039290107679_n
Por Ana Burke
 
Aquele que pregou “Ame a seu próximo como a si mesmo” também pregou que o joio deve ser separado do trigo e deve ser queimado. Entenda-se “joio” aqueles que não o seguem e “trigo” aqueles que o seguem.
 
Em Lucas 11:27-28, podemos sentir o desprezo de Jesus pela mãe ao afirmar que o ventre que o abrigou, ou os peitos que o alimentaram, não eram bem aventurados.
 
Em João 2:3-4, podemos ver claramente que Jesus não respeita ou trata Maria como sendo sua mãe, Ele se dirige a ela como “mulher” deixando antever todo o seu desprezo pela mesma quando esta se dirige a Ele para dizer que o vinho havia acabado, no que Jesus respondeu de forma ríspida: “Mulher, que tenho eu contigo?”
Jesus foi um escravocrata e um defensor da escravatura. Segundo Jesus, os servos são inferiores, não têm direitos, tem que estar sempre a postos para quando o seu Senhor precisar e, se este não se aprontar e não fizer conforme a vontade do seu amo e Senhor, “será castigado com muitos açoites.” Lucas: 12:47
 
Jesus apoia o roubo e o assassinato das pessoas que não seguem aos seus senhores como por exemplo em Lucas 19:27: “E quanto àqueles meus inimigos que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui, e matai-os diante de mim”. Nesta parábola foram distribuídas quantias iguais a três servos. Aquele que multiplicou a quantia por dez foi premiado enquanto os outros foram castigados. Jesus não questionou de que forma este servo conseguiu aumentar tanto os lucros do amo. O que se ensina neste caso é que não importa de onde venha o lucro. O importante é multiplicar o dinheiro do amo e Senhor: “Mau servo, pela tua boca te julgarei. Sabias que eu sou homem rigoroso, que tomo o que não pus, e sego o que não semeei;
Por que não puseste, pois, o meu dinheiro no banco, para que eu, vindo, o exigisse com os juros?
E disse aos que estavam com ele: Tirai-lhe a mina, e dai-a ao que tem dez minas.
Pois eu vos digo que a qualquer que tiver ser-lhe-á dado, mas ao que não tiver, até o que tem lhe será tirado.” Lucas 19:22-26
 
Jesus ensinou e exigiu que os servos se sujeitem “com todo o temor aos senhores, não somente aos bons e humanos, mas também aos maus”. 1 Pedro 2:18
 
Em João 15:1-12 Ele faz chantagem e ameaça aqueles que não o seguem e diz que os mesmos devem ser queimados na fogueira: “Se alguém não estiver em mim, será lançado fora, como a vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem”.
 
Em Marcos 16:15-16, Jesus nos obriga a acreditar Nele.
 
Em Lucas 12:51-53 Ele diz de forma bem clara que veio para colocar uns contra os outros, principalmente os membros da mesma família: “Cuidais vós que vim trazer paz à terra? Não, vos digo, mas antes dissensão (divisão); Porque daqui em diante estarão cinco divididos numa casa: três contra dois, e dois contra três. O pai estará dividido contra o filho, e o filho contra o pai; a mãe contra a filha, e a filha contra a mãe; a sogra contra sua nora, e a nora contra sua sogra.”
 
O inferno com tormento eterno nunca existiu no Velho Testamento. Inferno era sepultura. Jesus nos deu como herança a barbárie transvestida de amor. Ele não é o deus do Velho Testamento porque se fossem o mesmo deus um não iria contrariar os ensinamentos do outro.
 
Os muçulmanos matam, os cristãos torturam antes de matar e a prova está em qualquer bom museu. Eles inventaram os métodos mais cruéis de tortura que se pode imaginar e tudo é justificado e ensinado no Novo Testamento.

Não Matarás. É verdade isto?

Por Ana Burke

Você acredita mesmo naquela história de que o Deus Bíblico nos ensina que não devemos matar? “Não Matarás”…não matarás quem? Quando? Como? Na bíblia hebraica não existe Deus. Se você ler a bíblia que você têm em casa, em gêneses, existe uma passagem depois que Adão e Eva comeram do fruto do conhecimento: “Agora eles são como um de NÓS e sabem a diferença entre o bem e o mal”. Quem era este NÓS?
Este NÓS na bíblia hebreia se referia a Elohim, grupo de juízes e que os teólogos traduziram no singular e dizem que é Deus, por conveniência. A bíblia que você têm em casa é uma cópia das várias religiões antigas, reconstruída a cada edição de acordo com os interesses dos Senhores teólogos, donos da falsa moral e maus costumes, para tirar dinheiro das pessoas crédulas e promover desentendimentos, discriminação e guerras. A bíblia que você têm em casa é um livro de guerra ou, como diz Saramago, um livro de maus costumes.

17498439_1821908098062045_2284857991547421323_n

Adão e Eva – A Serpente estava certa

009-01-adc3a3o-e-eva-0011

Por Ana Burke

Adão comeu da fruta e se justificou perante o que a Teologia criou e chama de “Deus”: “Foi a mulher que me deste”…”ela é culpada”…”Ela me deu da fruta e comi. “E foram abertos os olhos de ambos”. A Eva fez o tolo enxergar.

Antes de comer da fruta proibida, os dois acreditavam possuir a vida eterna. Só que eles nunca comeram da árvore da vida pois foram expulsos do Edem ANTES de comer desta árvore. Só depois de comer do fruto proibido foi que eles descobriram que eram mortais.

“Eis que o homem é como um de nós (Elohim), sabendo o bem e o mal; ora, para que não estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente, o Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden…
Gênesis 3:22-23”

Você acredita que vai ter vida eterna? Se acredita ainda está na fase infantil e tola em que estavam Adão e Eva antes de conhecer a diferença entre o bem e o mal. E o mal era o que eles julgavam ser bom. E o mal era Deus. A Serpente não mentiu.

Observação: Este “nós” foi esquecido pelos teólogos na bíblia que eles falsificaram. O termo “Nós”, neste caso, se refere a um grupo, talvez dezenas de pessoas – Elohim em hebráico – Tipo juízes.

https://www.facebook.com/Anaburke2

Foto: Aparência de Adão e Eva em bíblias antigas.

O Pastor e o Padre estão Mentindo

slide03

O Pastor e o Padre estão mentindo…Você está sendo enganado.

O que Jesus disse na hora de morrer? E, por volta das três horas da tarde, Jesus clamou com voz forte: “Eloí, Eloí, lamá sabactâni?”, que significa “Meu Deus, Meu Deus! Por que me abandonaste?” Mateus 27:46
Portanto: Jesus não é Deus.