“ARUANDA”, DE ROBSON PINHEIRO, E SUAS FONTES TERRENAS

O suposto médium Robson Pinheiro, para a confecção de seu livro “psicografado” chamado “Aruanda”, nitidamente extraiu trechos volumosos de duas obras terrenas, “Orixás” e “Iemanjá e Oxum”. Para quem quiser baixar o artigo (no formato doc) em que demonstro isso, clique aqui.

“Aruanda”, de Robson Pinheiro (2004), pelo ‘espírito’ Ângelo Inácio

“Orixás”, de Pierre Verger

(autor falecido em 1996)

o arquétipo de Ogum é o das pessoas enérgicas, às vezes briguentas e impulsivas. Perseguem seus objetivos sem se desencorajar facilmente; nos momentos difíceis, triunfam onde qualquer outro teria abandonado o combate e perdido toda a esperança. Os filhos de Ogum, como se costuma dizer, são indivíduos de humor mutável e transitam com naturalidade de furiosos acessos de raiva ao mais tranqüilo dos comportamentos. Finalmente, Ogum é o arquétipo das pessoas impetuosas e arrogantes, que tendem a melindrar os outros por uma certa falta de discrição, quando alguém lhes presta serviços.” (pág. 152-153) “o arquétipo de Ogum é o das pessoas violentas, briguentas e impulsivas. Das pessoas que perseguem energicamente seus objetivos e não se desencorajam facilmente. Daquelas que nos momentos difíceis, triunfam onde qualquer outro teria abandonado o combate e perdido toda a esperança. Das que possuem humor mutável passando de furiosos acessos de raiva ao mais tranqüilo dos comportamentos. Finalmente, é o arquétipo das pessoas impetuosas e arrogantes, daquelas que arriscam a melindrar os outros por uma certa falta de discrição…” (pág. 51)
– Examinemos Oxóssi – prosseguiu Pai João. – Irmão de Ogum, na mitologia, o arquétipo de Oxóssi é bem diverso. Representa as pessoas espertas, rápidas, donas de notável agilidade, sempre em alerta e em movimento. Cheias de iniciativa, estão sempre em busca de novas descobertas e novas atividades, mas possuem grande senso de responsabilidade e de cuidado com a família (pág. 154) O arquétipo de Oxossi é o das pessoas espertas, rápidas, sempre alerta e em movimento. São pessoas cheias de iniciativas e sempre em vias de novas descobertas ou de novas atividades. Têm o senso de responsabilidade e dos cuidados para com a família. (pág. 54)
Outro tipo psicológico digno de estudo por parte dos psicólogos é Iansã, cujo comportamento já foi tema de filmes e músicas de nossos irmãos encarnados. O arquétipo de Iansã é o das mulheres audaciosas, poderosas e autoritárias. Indivíduos que podem ser fiéis e de lealdade absoluta em certas circunstâncias, mas que, em outros momentos, quando contrariadas em seus projetos e empreendimentos, deixam-se levar a manifestações da mais extrema cólera. São mulheres de temperamento sensual e voluptuoso, que pode levá-las a múltiplas e freqüentes aventuras amorosas extraconjugais, sem reserva nem decência, fato que não as impede de continuar muito ciumentas com seus maridos, por elas mesmas enganados.(pág. 154-155) O arquétipo de Oiá-Iansã é o das mulheres audaciosas, poderosas e autoritárias. Mulheres que podem ser fiéis e de lealdade absoluta em certas circunstâncias, mas que, em outros momentos, quando contrariadas em seus projetos e empreendimentos, deixam-se levar a manifestações a mais extrema cólera. Mulheres, enfim, cujo temperamento sensual e voluptuoso pode leva-las a aventuras amorosas extraconjugais múltiplas e freqüentes, sem reserva nem decências, o que não as impede de continuarem muito ciumentas dos seus maridos, por elas mesmas enganados. (pág. 66)
Por outro lado, Oxum, orixá do amor, tem comportamento emocional e social, tanto quanto tipo físico bem distintos. O arquétipo de Oxum é o das mulheres graciosas, com paixão pelas jóias, perfumes e vestimentas caras. É o tipo das mulheres que são símbolos de charme e beleza, também voluptuosas e sensuais, porém mais reservadas e refinadas que as do tipo psicológico Iansã. (pág. 155) O arquétipo de Oxum é o das mulheres graciosas e elegantes, com paixão pelas jóias, perfumes e vestimentas caras. Das mulheres que são símbolos do charme e da beleza. Voluptuosas e sensuais, porém mais reservadas que Oiá. (pág. 70)
O arquétipo de Omulu é o das pessoas com tendências masoquistas, que gostam de exibir seus sofrimentos e tristezas, dos quais tiram uma satisfação íntima, um tanto mórbida. Podem atingir situações materiais invejáveis e rejeitar, um belo dia, todas essas vantagens, alegando certos escrúpulos, imaginários. Vivem a sofrer por problemas que jamais ocorrerão. (pág. 155) O arquétipo de Obaluaê é o das pessoas com tendências masoquistas, que gostam de exibir seus sofrimentos e as tristezas das quais tiram uma satisfação íntima. Pessoas que são incapazes de se sentirem quando a vida lhes corre tranqüila. Podem atingir situações materiais invejáveis e rejeitar, um belo dia, todas essas vantagens por causa de certos escrúpulos imaginários. (pág. 85)
O arquétipo de Oxalá é o das pessoas calmas e dignas de confiança, respeitáveis e reservadas, dotadas de força de vontade inquebrantável, que nada pode abalar. Modificam seus planos e projetos para não ferir suscetibilidades alheias, a despeito das convicções pessoais e dos argumentos racionais. Todavia, sabem aceitar, sem reclamar, os resultados amargos muitas vezes daí decorrentes. (pág. 156) O arquétipo de personalidade dos devotos de Oxalá é aquele das pessoas calmas e dignas de confiança; das pessoas respeitáveis e reservadas, dotadas de força de vontade inquebrantável que nada pode influenciar. Em nenhuma circunstância modificam seus planos e seus projetos, mesmo a despeito das opiniões contrárias, racionais, que as alertam para as possíveis consequências desagradáveis dos seus atos. Tais pessoas, no entanto, sabem aceitar, sem reclamar, os resultados amargos daí decorrentes. (pág. 109)
Link para download aqui. Link para download aqui.

“Aruanda”, do espírito Ângelo Inácio, por Robson Pinheiro (2004)

“Iemanjá e Oxum”, de Lydia Cabrera (2004)

“Um orixá muito conhecido pelo Brasil afora é Iemanjá, representativo da polaridade feminina por excelência. As filhas de Iemanjá costumam ser voluntariosas, fortes, rigorosas, protetoras, altivas e, algumas vezes, impetuosas e arrogantes. Fazem-se respeitar e são justas, mas bastante formais. Têm o hábito de por à prova as amizades que lhe são devotadas, mas preocupam-se muito com os outros; são sérias e maternais.” (pág. 155) Link para download aqui. Em geral as filhas de Iemanjá são fortes, voluntariosas, protetoras, exigentes, altivas às vezes impetuosamente arrogantes. Têm o sentido da hierarquia, são autoritárias,formais, se fazem respeitar e se impõem aos demais. (…). Muito maternais, sérias, (…). (pág. 116) Link para visualização aqui.

Correlações originalmente descobertas por Alan, do blog “Lá de Aruanda”, mas com acréscimos próprios deste pesquisador. Porém, é importante dizer que na 13ª edição (2011), e logo após o prefácio, encontramos:

Nova explicação e agradecimento – nota à 13ª edição revista por Ângelo Inácio.

Depois de alguma explicação sobre o livro e o autor, lemos o seguinte:

[…] entrevistei alguns escritores desencarnados; deixo aqui meu preito de gratidão em especial a Menininha do Gantois, a Olga de Alaketu, a Pai João de Aruanda, a Pierre Verger e ao venerável Matta e Silva. Foram eles que me inspiraram e auxiliaram com o conhecimento que detêm dos assuntos aqui relacionados, embora nem todas as contribuições estejam destacadas, uma a uma. Tudo tendo sido grafado com o coração, deixo registrado o respeito que devo a esses expoentes da doutrina sagrada da aumbandhã e do povo de Aruanda, bem como aos representantes do candomblé brasileiro.

Apesar das belas palavras e do reconhecimento a Pierre Verger, bem como a outros, notem que ainda faltou a referência a Lydia Cabrera. E ao que me consta, mesmo esse reconhecimento genérico não é suficiente para descaracterizar o plágio. Deveria ter havido o uso de aspas e a citação direta das fontes.

Agradecimentos

Agradeço a Alexandre Terenciano por suas informações inestimáveis que ajudaram na elaboração deste artigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s