Olavo de Carvalho? Filósofo de araque.

Descrição: 

Olavo de Carvalho?
Em 1998 li um de seus livros, “O imbecil coletivo”. Desde então li muitos de seus textos, seja aqui na internet, seja na revista Época, na qual ele já foi colunista. Assim como também assisti a alguns de seus vídeos.
Abaixo reproduzo alguns textos, de outras pessoas, os quais traduzem um pouco do que penso sobre ele:
“O ícone intelectual do cara acredita que a Pepsi usa células de fetos abortados como adoçante e que o Sol gira em torno da Terra, e ele quer que eu tenha respeito intectual por ele…” (Guilherme Tomishiyo, estudante de física pela UFSCar e vlogueiro).
Sim, Olavo de Carvalho defende o geocentrismo e outras diversas sandices, especulações e falácias conspiratórias: “cigarro não faz mal à saúde”, “golpe comunista em 2014”, “não existe combustível fóssil”, “aquecimento global não existe”, “Obama é um muçulmano infiltrado pra acabar com o EUA”, “Nazismo é de esquerda”. E é importante ressaltar: grande parte de suas “teorias” conspiratórias são reprodução de um discurso muito comum entre republicanos nos Estados Unidos.
“O fato é que Olavo de Carvalho está para a filosofia assim como Paulo Coelho está para a literatura ou até pior, porque cá entre nós, é mais fácil se encontrar literatura numa obra do Paulo Coelho do que encontrar filosofia em qualquer dos escritos do Olavo de Carvalho” (Autor desconhecido).
Pessoalmente, como já li esses dois autores, acrescento que é mais fácil se encontrar literatura numa obra de Olavo de Carvalho do que numa obra de Paulo Coelho. O primeiro escreve melhor que o segundo. Domina muito bem a arte da retórica e da sofística. Porém parece somente convencer a quem já concordava com ele (ou a quem está somente se introduzindo no debate das questões por ele propostas), já que seu estilo é extremamente agressivo e extremista. Em muitos casos ele nem argumenta: somente xinga e ataca pessoalmente seus oponentes. E isso é manobra falaciosa, apelativa, pra arrebanhar apoio.
É tão extremo e conspiratório que chega a ser cômico. Não chega a ser um Augusto Cury da Filosofia (já que é mais inteligente e divertido que este), mas por favor, convenhamos, não é digno de confiança, de crédito.
Você gosta do estilo de Olavo de Carvalho? Você acha divertido? Sente que tá se informando e crescendo culturalmente? Ele transmite muita confiança. Então leia o que ele escreve e ouça o que ele fala. Mas cuidado, cuidado para não se fechar para a diferença, pra riqueza do mundo. Cuidado pra não entrar numa guerra cega.
Por outro lado, se você gosta mesmo de Filosofia, não perca seu tempo. Há diversas referências, diversos autores na área de Filosofia, que possuem mais consistência, humildade e honestidade intelectual, os quais estão muito mais abertos para diversidade da experiência humana e para a riqueza da realidade que nos constitui. Contudo, se você quer entrar numa guerra ideológica, se você é um conservador extremo e rancoroso, talvez Olavo de Carvalho possa se transformar pra você em uma referência fundamental

Um comentário sobre “Olavo de Carvalho? Filósofo de araque.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s