Brasil Anedótico (1927) de Humberto de Campos x Crônicas de Além Túmulo (1937) de Chico Xavier

o-brasil-anedotico-humberto-de-campos-1-edico_MLB-F-234979847_9549

Mais um plágio descoberto de Chico Xavier extraído das obras de Humberto de Campos. Mais uma vez um trecho da obra “Brasil Anedótico” foi utilizado, porém dessa vez inserido na obra “Crônicas de Além Túmulo”. Vamos ao plágio!

Brasil Anedótico (1927)

Humberto de Campos

Crônicas de Além Túmulo (1937)

Chico Xavier

O ESCRAVO COROADO 

Taunay – Reminiscências, vol. I, pág. 107  

Em uma das suas audiências dos sábados, em que atendia a toda a gente, recebeu D. Pedro II no Paço da Boa Vista um preto velho, que se queixava dos maus tratos de que era vítima.

– Ah, meu senhor grande, – lamentava-se o mísero, – como é duro ser escravo!

O Imperador encarou-o, comovido.

– Tem paciência, filho, – tranqüilizou-o. – Eu também sou escravo… das minhas obrigações, e elas são muito pesadas! As tuas desgraças vão minorar…

E mandou alforriar o preto.

02 – CARTA AOS QUE FICARAM

28 de Março de 1935

No antigo Paço da Boa vista, nas audiências dos sábados, quando recebia toda gente, atendeu D. Pedro II a um negro velho, de carapinha branca, e em cujo rosto, enrugado pelo frio de muitos invernos, se descobria o sinal de muitas penas e muitos maus-tratos.

-Ah! Meu Senhor grande – exclamou o infeliz – como é duro ser escravo!…

O magnânimo imperador encarou suas mãos cansadas no leme da direção do povo e aquelas outras, engelhadas, na excrescência dos calos adquiridos na rude tarefa das senzalas, e tranqüilizando-o comovido:

-Ó meu filho, tem paciência! Também sou escravo dos meus deveres e eles são bem pesados… Teus infortúnios vão diminuir…

E mandou libertar o preto.

Mais tarde, nos primeiros tempos do seu desterro, o bondoso monarca, a bordo do Alagoas, recebeu a visita do seu ex-ministro; às primeiras interpelações de Ouro Preto, respondeu-lhe o grande exilado:

-Em suma, estou satisfeito e tranqüilo.

E, aludindo à sua expatriação:

É a minha carta de alforria… Agora posso ir onde quero.

Fonte:

http://obraspsicografadas.org/2014/brasil-anedtico-1927-de-humberto-de-campos-x-crnicas-de-alm-tmulo-1937-de-chico-xavier/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s